quarta-feira, 5 de julho de 2017

USP aumenta de 40 para 50 o número de vagas para Sistemas de Informação.

USP aumenta de 40 para 50 o número de vagas para Sistemas de Informação.
USP aumenta de 40 para 50 o número de vagas para Sistemas de Informação.
A partir do próximo ano, a Universidade de São Paulo (USP) passará a adotar um sistema de cotas sociais e raciais para ingresso nos seus cursos de graduação, tanto no Vestibular, quanto no Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

A medida foi aprovada pelo Conselho Universitário na terça-feira, 4 de julho, e contempla alunos oriundos de escolas públicas e autodeclarados pretos, pardos e indígenas (PPI). Em 2018, 37% das vagas de cada Unidade de Ensino e Pesquisa já serão reservadas para cotistas. 

A proposta é atingir, de forma escalonada, os 50% por curso e turno em 2021. Isso significa que nos anos de 2019 e 2020, serão reservadas 40% e 45% das vagas, respectivamente, para o novo sistema de cotas sociais e raciais. 

Além disso, o número de vagas disponibilizado para os cursos de bacharelado em Sistemas de Informação e em Biblioteconomia foi ampliado de 40 para 50 e de 15 para 20, respectivamente.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook:

‍



Geeks Online: