terça-feira, 14 de março de 2017

Coach de carreira dá dicas de como se tornar um profissional de TI de sucesso.

Coach de carreira dá dicas de como se tornar um profissional de TI de sucesso.
Coach de carreira dá dicas de como se tornar um profissional de TI de sucesso.

TI Rio - Estudar o mercado de TI, suas tendências e tentar passar essas informações para pessoas que buscam seu espaço no mercado é parte do trabalho realizado por Annelise Gripp, consultora em Processo e Projetos, especialista em Transformação Ágil, instrutora, auditora de Projetos e coach Profissional.

Em Entrevista ao TI Rio, Annelise fala sobre sua carreira, o segredo para se tornar um profissional de sucesso, quais perfis as empresas procuram e porque decidiu expandir suas dicas para um canal no Youtube.

TI Rio: Nos conte um pouco sobre a sua carreira

Annelise Gripp: Comecei a carreira em TI aos 15 anos desenvolvendo sistemas em Cobol, Pascal, Clipper e Basic. Aos 17 anos, comecei a dar aulas em cursos de tecnologia, pois tinha terminado o Magistério e queria usar didática + tecnologia. Aos 19 anos, terminei o curso técnico de processamento de dados e entrei para o curso de bacharel em Ciência da Computação. No meio da faculdade eu já trabalhava numa multinacional como Analista de Processos. Terminei a faculdade aos 24 anos e percebi que só a didática sobre tecnologia não bastava. Era preciso conhecer mais sobre as áreas de uma empresa. Então, aos 26 anos, terminei o MBA em Gestão Empresarial com ênfase em TI. Lá se vão 22 anos de carreira em Tecnologia. Sempre agregando conhecimentos as competências que já possuo. Durante esse tempo tirei muitas certificações em formação em Análise de Negócios, Gerência de Projetos, Coach Pessoal e Profissional e Auditoria de Projetos CMMI e MPS-BR. Hoje, trabalho como consultora e instrutora em empresas por todo Brasil. E ainda organizo eventos e formo comunidades em todo País para fomentar o mercado e compartilhar conhecimento. 

TI Rio:  Como surgiu a ideia de criar um blog e um canal no Youtube sobre gestão de carreiras?

Annelise Gripp: Meus amigos sempre me incentivaram a publicar minhas experiências e opiniões nas redes sociais, mas eu achava que não teria valor, que seria mais uma exibição do que um auxílio para as pessoas... E o tempo me convenceu como eu estava enganada. Em 2014 criei meu blog, Twitter e canal no Youtube, com assuntos variados que rodeiam a vida de um profissional de tecnologia. Deu certo e eu acabei desenvolvendo novas competências na minha carreira profissional. Hoje, tenho mais desenvoltura para escrever, falar e lidar com câmeras.

TI Rio: Qual o perfil do profissional que as empresas de TI procuram?

Annelise Gripp: As empresas de TI de hoje são bem diferentes da época que comecei. Hoje, as empresas querem profissionais espertos, safos, que falam, participam, façam críticas construtivas e trazem novas ideias e negócios. Os ambientes são mais compartilhados, as informações são mais trabalhadas e há muitos momentos de discussão e troca de opiniões entre os profissionais num projeto. Ou seja, o profissional de hoje precisa ter muito mais competências pessoais e técnicas do que anos atrás. Isso é sinal de que evoluímos! 

TI Rio: Quais dicas você daria para quem quer se destacar no mercado de TI?

Annelise Gripp: Sempre falo isso nas minhas palestras e webnários... Não queira destacar somente a imagem. Você precisa ter conteúdo para sustentar tudo o que você vende nos meios sociais. Se você vende muito, mas não tem experiência, perderá credibilidade no mercado. Será um excelente palestrante e um péssimo consultor, pois não tem experiência com o trabalho que divulga. Além disso, o destaque sempre vem dos momentos que você teve dificuldade e das ações que foram tomadas para superar e obter sucesso. Todos gostam e querem ouvir isso de você, pois a sua dor pode ser a mesma que alguém está atravessando. Meu conselho para se destacar é trabalhar muito, compartilhar suas lições aprendidas nos canais de comunicação e o mais importante, ir para eventos e comunidades para ter contato com as pessoas. Não somos máquinas! Gostamos de interagir, conversar, trocar ideias. Seja acessível às pessoas que te procuram e ajude-as como puder.  

TI Rio:  As certificações em TI ajudam a dar uma vantagem profissional?

Annelise Gripp: As certificações ajudam se você tiver prática no que se certificou. Do contrário, você só terá o conhecimento teórico e não saberá agir em momentos de urgência.

Eu sempre tirei a certificação depois que aprendia a fazer o trabalho. Pode parecer louco, né? Mas para mim a certificação é como se fosse à comprovação do meu conhecimento e experiência em determinado assunto. 

TI Rio:  Quais as habilidades essenciais para profissionais de TI?

Annelise Gripp: Eu sempre observei e prestei muita atenção nas necessidades das pessoas. TI é uma área que suporta mais os serviços e produtos das empresas, do que faz o seu próprio. Então, se não soubermos ouvir e entender bem o que os outros setores precisam, podemos ter o profissional mais disputado no mercado, que não teremos sucesso. É preciso que isso faça parte da cultura da empresa. Saber ouvir, saber comunicar, não agir por impulso, pensar no coletivo, ter tomada de decisão, ser um crítico construtivo, ser conciliador nos momentos de conflito, não deixar de estudar nunca... Não há barreiras para aprender. Assim como não deve ter barreiras para ensinar outras pessoas. Integrar competências já adquiridas com novos conhecimentos sempre trazem bons resultados. E por último, porém não menos importante, é preciso ter um bom networking. Um ótimo profissional tem bons relacionamentos com as pessoas e isso faz com que surjam muitas oportunidades, porque as pessoas conhecem como ele é. Então, invista em conexões!

TI Rio:  O que você teria acrescentar sobre o assunto “Como se destacar no mercado de TI”?

Annelise Gripp: Há cinco anos me formei em Coach e comecei a aplicar nos times de projetos que eu coordenava. Foi incrível, pois pude reconhecer o quanto das questões pessoais bem ou não trabalhadas pode fazer um time ser bem ou mal sucedido. Ficou claro para mim, que o conhecimento técnico é fácil de ser absorvido e adquirido para desempenhar um cargo. Mas é necessário ter muito mais competências pessoais para assumir uma função ou um papel dentro de um time. As competências quando bem trabalhadas, transformam pessoas comuns em grandes líderes e empreendedores. Vale a pena investir!




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com

‍



Geeks Online: