sábado, 8 de julho de 2017

PF prende 17 pessoas que compraram senhas de contas do FGTS inativo.

PF prende 17 pessoas que compraram senhas de contas do FGTS inativo de crackers.
PF prende 17 pessoas que compraram senhas de contas do FGTS inativo de crackers.
Alvo da Operação Pescaria da Polícia Federal, o esquema de fraudes nos saques de contas inativas do FGTS tinha origem em um site falso da Caixa Econômica Federal. O criador da página coletava os dados dos beneficiários - que pensavam estar acessando o original - e revendia para outros criminosos fazerem os saques. O site oficial do banco é http://www.caixa.gov.br

Cada lote de 500 cadastros de beneficiários do FGTS era vendido por R$ 5 mil. Os dados eram oferecidos em grupos de crackers na internet. O criador do site não foi preso pela polícia.

Até o final da tarde, 17 pessoas tinham sido presas praticando o golpe em várias agências do Rio de Janeiro. Os agentes federais se espalharam por 65 agências em todo o RJ. Todas as prisões foram feitas em flagrante.

“Tem um fraudador principal de São Paulo que revendia os dados das contas. É um nerd que monta um programa e vende pras pessoas fazerem. Ele é o cara que vende a arma, mas não faz [o assalto]”. afirma Erick Blatt, delegado-chefe do Grupo de Combate aos Crimes Cibernéticos da PF.

Entre os presos estão pessoas de vários estados e até dois estrangeiros: um angolano e um moçambicano. De acordo com a PF, a quadrilha tinha interesse nos saques de até R$ 1,5 mil já que para retirar esses valores não era necessário apresentar documentação, mas apenas digitar os dados.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com

‍



Geeks Online: