sábado, 15 de março de 2014

Setor de TI deve gerar 78 mil vagas em 2014, mas apenas 33 mil devem ser ocupadas.

Em franca expansão no Brasil e no mundo, o setor das Tecnologia da Informação (TI) está ameaçado de viver um sério apagão de mão de obra este ano. É o que indica uma projeção do mercado dessa área para este ano feita pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom).

O estudo, que se baseia em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), mostra que aproximadamente 44 mil vagas criadas pelas empresas de TI correm o risco de não serem preenchidas este ano. Segundo o levantamento, 78,5 mil vagas de TI serão criadas em 2014, ao passo que apenas 33,6 mil pessoas serão formadas para ocupá-las.
“Estamos falando de um setor em forte expansão, que tem crescido na faixa dos 10%”, afirmou o diretor de Recursos Humanos e Competitividade da Brasscom, Sergio Sgobbi. “Para reverter esse processo de falta de mão de obra será necessário um forte envolvimento do setor público, do setor privado e da sociedade como um todo”, acrescentou o diretor. 


“O setor de TI é uma grande oportunidade para o país, porque temos gente capacitada, com diferencial, somos criativos, flexíveis, adaptáveis: tudo que um profissional de TI requer o brasileiro tem. Cabe à sociedade entender isso e fazer políticas adequadas para que o Brasil se torne um grande fornecedor de mão de obra e serviços de TI”, completou.

Técnicos são os que mais faltam no mercado.






> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com

‍



Geeks Online: