quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Entenda as vantagens de saber programar em Python

Entenda as vantagens de saber programar em Python

Uma linguagem de programação que completa 30 anos em 2021 e cada vez mais desperta o interesse dos usuários é o Python. Presente no desenvolvimento de vários aplicativos e sites, tornou-se um aprendizado obrigatório para quem deseja trabalhar com programação. 

Com o bônus de ser uma das mais simples de usar e de se aprender, não é à toa que pelo índice de Tiobe, que mede a frequência de menções nas plataformas de pesquisas, o Python é a terceira linguagem de programação mais procurada. Python começou a ser implementado em 1989 pelo programador holandês Guido van Rossum. A primeira versão pública foi lançada em 1991. Atualmente, dependendo do interesse e da necessidade, a pessoa pode usar uma das duas versões disponíveis, a 2.7 ou a 3. 

Alguns profissionais que costumam utilizar Python são analistas e cientistas de dados, engenheiros de software e de machine learning, pesquisadores de Inteligência Artificial e desenvolvedores web e mobile. O campo de atuação é amplo, o que torna vantajoso investir no aprendizado da linguagem. 

Qual o diferencial do Python? 

Tecnicamente, é uma linguagem orientada a objetos, funcional, interpretada, imperativa, tipada e de script. Possui propósito geral, para ser utilizada para as mais diversas aplicações. Também é gratuita, projetada para ser de fácil leitura e utilização. Dentro deste perfil, o Python requer menos código para executar funções, quando comparada com Java e C++. 

Alguns dos princípios que sustentam a linguagem são ser bonita, explícita, simples, complexa, horizontal, esparsa, legível e prática. O Python gaba-se por manter regras bem definidas; ser capaz de identificar e resolver erros; lidar racionalmente com a ambiguidade; primar pela obviedade; e buscar soluções de fácil implementação. 

Além da simplicidade e de permitir um aprendizado veloz aos iniciantes, o Python destaca- se pela robustez, por se comunicar com outros sistemas ou linguagens e por ser multiplataforma, utilizada em sistemas Linux, Mac OS ou Windows. 

É uma linguagem de alto nível, que foi pensada para ser produtiva e de fácil entendimento, com uso reduzido de caracteres especiais. Outra característica é que o programador tem mais tempo focado em desenvolver e em resolver os problemas, por conta da sintaxe direta. 

Motivos para aprender 

Por ser uma linguagem livre de código aberto, os programadores de todo mundo tem tido a oportunidade de trocar ideias, compartilhando problemas e soluções. Isso deu origem à uma documentação completa disponível no site oficial do Python, nas bibliotecas construídas e aprimoradas para uso imediato on-line e nas comunidades de usuários. Todo esse material auxilia no aprendizado e no desenvolvimento de aplicações. 

O Python possui matriz de frameworks para desenvolvimento web. Permite rapidez ao realizar testes, por possuir estruturas integradas que facilitam o processo. Por ser flexível e modular, diferentes recursos podem ser usados em um mesmo bloco de código que pode ser direcionado para ambientes variados. 

Desenvolvida para permitir ao programador oferecer liberdade e segurança aos usuários, o Python é utilizada em back-end de sistemas web, CRMs e ERPs; em simulações pesadas de engenharia e de efeitos especiais de filmes, de computação gráfica; em soluções de data analytics e aprendizado de máquina. 

Contribui para automatizar tarefas repetitivas; realizar web scraping; monitorar, extrair e manipular dados de sites e redes sociais, o que facilita a criação de ferramentas de análises para tomada de decisão; construir site, aplicação para a web ou para mobile; criar aplicações em blockchain e jogos, entre outras utilidades. 

Está presente no Spotify, onde é a base de 80% dos serviços de back-end, colocando em funcionamento os scripts baseiam as opções de rádio, recomendações e descobertas sugeridas aos usuários. Também pode é usada em empresas como Google, Nasa, Youtube, Disney, Embratel, IBM e Globo.com. A Netflix utiliza muitas de suas bibliotecas; boa parte do Uber é feita com ela, o Instagram e o Pinterest utilizam o framework Django, criado a partir do Python, como back-end. 

Onde aprender 

Existem várias opções de cursos. Recorrer aos comparadores on-line é a forma indicada para encontrar e escolher o mais adequado. É um meio ágil de levantar todas as informações prioritárias para fundamentar a escolha que atenda às próprias prioridades. Nestes sites, é possível filtrar as possibilidades disponibilizadas em variadas plataformas, descobrir se são gratuitas ou pagas; avaliar valores, planos de estudo, metodologia e como o conteúdo é apresentado e explicado. O interessado pode assistir à prévia das aulas, verificar as avaliações em pontuações e comentários deixados por outras pessoas que fizeram o curso antes e como foram as experiências delas.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com

‍



Geeks Online: