quarta-feira, 21 de março de 2018

5 inovações que vão transformar o mundo em 5 anos, segundo a IBM

5 inovações que vão transformar o mundo em 5 anos, segundo a IBM
5 inovações que vão transformar o mundo em 5 anos, segundo a IBM
A IBM divulgou nessa segunda-feira (19/03) o IBM Research’s “5 in 5”, relatório que aponta as cinco tecnologias que a empresa acredita que irão remodelar os negócios e a sociedade nos próximos cinco anos.

Confira a seguir quais são essas tendências e como vão transformar o mundo:

"Âncoras criptográficas" e blockchain irão ser usadas contra falsificadores

Segundo a IBM, âncoras criptográficas – computadores menores que um grão de sal – serão embutidos em dispositivos. Essa tecnologia será usada em conjunto com blockchain para garantir a autenticidade de um objeto desde seu ponto de origem até que chegue ao consumidor. Isso representará um grande avanço em questões como segurança alimentar, identificação de objetos falsos, produtos geneticamente modificados e autenticidade de componentes de manufatura.

Criptografia lattice impedirá a ação de hackers

A IBM afirma estar desenvolvendo métodos de criptografia que não poderão ser quebrados nem mesmo com uso de computação quântica. Um desses métodos é o lattice, que garantirá a criptografia sem nunca expor dados confidenciais aos hackers.

Robôs microscópios com IA podem salvar os oceanos 

Em cinco anos, pequenos microrrobôs autônomos com inteligência artificial irão monitorar em tempo real a qualidade da água nos oceanos. Esses microdispositivos contaram com sensores biológicos para avaliar a saúde dos plânctons. Isso poderá ajudar, por exemplo, em situações como derramamento de óleo, escoamento de fontes de poluição terrestre e na prevenção de ameaças, como as marés vermelhas (proliferação excessiva de espécies de algas tóxicas).

A IA irá se popularizar, mas somente a IA imparcial irá sobreviver

A IBM prevê que, em cinco anos teremos, novas soluções para conter o aumento do número de sistemas de inteligência artificial e algoritmos tendenciosos. “É crítico desenvolver e treinar esses sistemas com dados que são justos, interpretáveis e livres de raça, gênero ou preconceitos ideológicos”, diz a empresa. Pesquisadores da companhia já desenvolveram um método para reduzir o viés que pode estar presente em um conjunto de dados de treinamento para algoritmos. Assim, os algoritmos que aprenderem a partir desse conjunto de dados não irão perpetuar a desigualdade.

Computação quântica será popular

Segundo a IBM, a computação quântica será usada extensivamente por novas categorias de profissionais e desenvolvedores para resolver problemas considerados sem solução. Os pesquisadores acreditam que a tecnologia irá se popularizar a tal ponto que estará presente em salas de universidades e até mesmo de ensino médio.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook:

‍



Geeks Online: