quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Aprovado o primeiro algoritmo capaz de prever ataques cardíacos

Aprovado o primeiro algoritmo capaz de prever ataques cardíacos
Aprovado o primeiro algoritmo capaz de prever ataques cardíacos
Um software que calcula o risco de pacientes virem a sofrer um ataque cardíaco ou uma falha respiratória está sendo testado em hospitais nos Estados Unidos. O recurso acaba de ser aprovado pela FDA, agência que regula os setores de medicamentos e alimentos.

O algoritmo utilizado analisa os dados dos pacientes monitorados e consegue identificar ataques cardíacos com até seis horas de antecedência. Batizada de Plataforma Clínica Wave, a novidade não necessita de nenhum equipamento específico, ela usa o próprio sistema de monitoramento já existente na maioria dos hospitais.

O recurso – desenvolvido a partir dos registos médicos de milhares de pacientes – cruza toda a informação sobre cada um deles e quantifica o seu nível de risco numa escala de 0 a 5. São analisadas variáveis, como o ritmo cardíaco, o respiratório, a pressão sanguínea e a  temperatura corporal.

O Centro Médico da Universidade de Pittsburg, na Pensilvânia, nos Estados Unidos, tem realizado testes clínicos com o software, e  - até agora- os resultados têm se mostrado satisfatórios. Segundo um comunicado, foram seis mortes inesperadas de pacientes que não usavam o recurso e entre as pessoas monitoradas, não houve nenhum óbito. A única limitação é que, por enquanto, o algoritmo só pode ser utilizado dentro de Unidades de Terapia Intensiva (UTI).




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook:

‍



Geeks Online: