quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Inteligência Artificial criará dois milhões de postos de trabalho até 2025

Inteligência Artificial criará dois milhões de postos de trabalho até 2025
Inteligência Artificial criará dois milhões de postos de trabalho até 2025
A Inteligência Artificial (IA) criará mais empregos do que eliminará a partir de 2020. A aposta é da empresa de pesquisa e aconselhamento imparcial em tecnologia Gartner - e também de diversos institutos de pesquisa, que têm revelado que o receio das pessoas em relação ao enxugamento dos postos de trabalho com a disseminação desta tecnologia não deve se concretizar. 

É mais provável que a Inteligência Artificial aplicada ao trabalho sirva para ajudar os seres humanos, em vez de substituí-los. Isso porque, segundo a vice-presidente de Pesquisas do Gartner, Svetlana Sicular, as combinações de seres humanos e máquinas funcionarão de forma mais eficaz do que os especialistas humanos ou as máquinas orientadas por IA que trabalhem sozinhas. "As previsões mais pessimistas de perdas de emprego confundem a IA com a automação", diz. 

O número de postos de trabalho afetados pela IA irá variar de acordo com a indústria. Até 2019, setores da saúde, do governo e da educação terão uma crescente demanda de empregos, enquanto a manufatura será atingida fortemente. A partir de 2020, a criação de empregos relacionados à IA passará por uma transformação positiva, chegando a 2 milhões de novos postos de trabalho em 2025. 

"Muitas inovações significativas no passado foram associadas a um período de transição de perda de emprego temporário, seguido de recuperação. Então a transformação de negócios e a IA provavelmente seguirão essa rota", afirma o gestor. Segundo ele, a Inteligência Artificial melhorará a produtividade de muitos empregos, eliminando milhões de posições de nível médio e baixo, mas também criará milhões de novas posições de habilidades altamente qualificadas, gerenciamento e até mesmo a variedade de nível de entrada e baixa qualificação.

A perspectiva é que, em 2022, um em cada cinco trabalhadores envolvidos na maioria das tarefas não rotineiras dependerá da IA para fazer um trabalho. A inovação foi aplicada em tarefas altamente repetitivas, em que grandes quantidades de observações e decisões podem ser analisadas para padrões. No entanto a aplicação de IA para um trabalho de menor rotina, que é mais variável, devido à menor repetitividade, começará a render benefícios superiores. 

"Usar a IA para gerar automaticamente um relatório de status semanal ou escolher os cinco principais e-mails em sua caixa de entrada não tem o mesmo fator surpreendente que, digamos, curar uma doença séria. É por isso que esses usos práticos e de curto prazo passam despercebidos", analisa o vice-presidente de Pesquisa do Gartner, Craig Roth. Segundo ele, as empresas estão apenas começando a aproveitar a oportunidade para melhorar o trabalho não rotineiro por meio da Inteligência Artificial, aplicando-a a ferramentas de propósito geral. 

"Uma vez que os trabalhadores do conhecimento incorporem a inovação em seus processos de trabalho como uma secretária virtual ou interna, os empregados robôs se tornarão uma necessidade competitiva", acrescenta. 

Diante deste contexto, o Gartner sugere que os líderes de Tecnologia da Informação (TI) não se concentrem no aumento líquido projetado de empregos. Com cada investimento em tecnologias habilitadas para IA, deve-se levar em consideração quais empregos serão perdidos, quais serão criados e como a tecnologia irá transformar a forma como os trabalhadores colaboram com os outros, como tomarão decisões e como terão os seus trabalhos concluídos. 

"Agora é a hora de realmente impactar a sua direção em longo prazo de IA", alerta Svetlana. "Concentre-se em aumentar as pessoas com IA. Enriquecer o emprego das pessoas, reimaginar tarefas antigas e criar novas indústrias. Transforme sua cultura para torná-la rapidamente adaptável a oportunidades ou ameaças relacionadas à IA", sugere. 




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com

‍



Geeks Online: