quinta-feira, 6 de abril de 2017

Pensa em ir para o Canadá? antes veja a média salarial para profissionais de TI lá.

Pensa em ir para o Canadá? antes veja a média salarial para profissionais de TI lá.
Pensa em ir para o Canadá? antes veja a média salarial para profissionais de TI lá.
No site carreira de TI, Vinícius relata algumas dicas importantes para quem pensa trabalhar no Canadá com TI - A empresa global de recrutamento Robert Half divulgou sua pesquisa anual sobre o mercado de trabalho para profissionais de Tecnologia da Informação (TI) no Canadá. Antes de ir direto ao assunto, porém, para você que pensar em imigrar num futuro próximo, é importante considerar algumas diferenças importantes entre mercado de trabalho de TI brasileiro e o canadense:

Os salários são anuais, divididos em pagamentos iguais feitos a cada 15 dias e os valores listados abaixo não incluem demais benefícios. Importante notar que no Canadá não tem nada parecido com a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), então os direitos dos trabalhadores são determinados pelas negociações individuais (um profissional pode ter mais semanas ou menos de férias que outro). Outros benefícios entram na mesma linha: não existe décimo terceiro, muitas empresas dão bônus (em ações e dinheiro), plano dentário, plano de saúde (que funciona diferente do Brasil uma vez que aqui a saúde é majoritariamente pública).

O transporte público em geral sai do bolso do empregado mas existe empresas onde voce pode negociar o valor anual das despesas de transporte, o que torna muito importante o fato de saber negociar, até onde chegar e arrancar o melhor acordo.

A demanda de mercado é o que determina as boas práticas no que se refere a pagamento de salários e pacote de benefícios, então se uma empresa oferece somente duas semanas de férias por ano, ela terá dificuldade de reter talentos e acaba cedendo ao prática estabelecida de 3 semanas de férias no mínimo (tem empresas que chegam a oferecer 5 semanas, que podem aumentar de acordo com o tempo de casa). O mais importante é saber que o mercado é de livre negociação, exigindo que o candidato estude bem o mercado para saber o que é uma boa proposta ou não,  e claro, aprender técnicas de negociação.

Dito isto, vamos ao que mais interessa: Quanto um empregador está disposto a desembolsar em média por um talento de TI. veja abaixo as tabelas com os salários de TI nos mais diferentes níveis hierárquicos praticados no Canadá. No rodapé das tabelas você vai encontrar notas quanto a especificidades de algumas profissões (como DBA, por exemplo), onde pode haver variações de ganhos de acordo com a tecnologia com que esse profissional trabalha (Oracle, SQL Server, etc):

CLIQUE PARA AMPLIAR
CLIQUE PARA AMPLIAR
CLIQUE PARA AMPLIAR
CLIQUE PARA AMPLIAR
*Valores são em dólares canadenses.
Essa flexibilidade de negociação nos contratos de trabalho, ao mesmo tempo que lhe dá grandes possibilidades de ter uma bela proposta customizada as suas necessidades, por outro lado pode também te levar a péssimos acordos onde o empregador literalmente te esfola, pagando salários bem abaixo da média (principalmente para imigrantes). 
Quanto ao perfil dos profissionais de TI mais valorizados no mercado, o de especialista é de longe o de maior demanda. Diferentemente do Brasil onde procura se fazer mais com menos, é normal muitas empresas preferirem um profissional que atua com várias tecnologias não correlatas, mas isso não costuma ocorrer em países de primeiro mundo. As empresas nesses países têm dinheiro para contratar profissionais específicos para cada posição, então é esse perfil especialista que ele vai buscar. O profissional que chega nesses países com currículo de “desenvolvedor-DBA-Windows-admin-Segurança…etc”  não tem lugar. O recrutador precisa olhar para seu CV e determinar em poucos segundos em qual tecnologia você excede, se destaca como especialista.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com

‍



Geeks Online: