sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Alunos de Sistemas de Informação desenvolvem app que fez aumentar em 47% a doação de sangue.

Alunos de Sistemas de Informação desenvolvem app que fez aumentar em 47% a doação de sangue.
Alunos de Sistemas de Informação desenvolvem app que fez aumentar em 47% a doação de sangue.
Passada a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), realizada de 19 a 25 de outubro, em todo país, o aplicativo de agendamento de doação de sangue, Doe Mais, lançado durante a ação promovida pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) em Alagoas, apresenta os primeiros resultados.

Dez dias após a disponibilização no Google Play, o aplicativo desenvolvido por alunos do curso de Sistemas de Informação do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), sob orientação do professor Marcílio Ferreira, em parceria com o Governo do Estado de Alagoas, contabiliza mais de 750 downloads e mais de 400 cadastros feitos.

Na prática, os números são muito mais significativos. Em comparação com a semana anterior ao lançamento do Doe Mais (12 a 17 de outubro), o serviço social da captação dos doadores de sangue do Hemoal contabilizou 322 atendimentos a mais, em uma semana, representando um aumento de 47% na média semanal de atendimentos.

No período de 19 a 24 de outubro, já após o lançamento do aplicativo, foram realizados 997 registros de atendimento, enquanto na semana anterior este número não ultrapassava os 675 registros.

Dos quase 1000 registros da primeira semana pós-lançamento, 665 atendimentos foram feitos em coletas internas, nos postos do Hemoal, e 332 em coletas externas, como a realizada nos dias 21 e 22 de outubro no Maceió Shopping, dentro da programação da SNCT, que nos dois dias registraram 129 voluntários e realizaram 90 coletas de sangue.

Um fato importante a se destacar é que o número de registros nem sempre é o número real de doações, por isso é muito importante continuar a doar e utilizar todas as ferramentas disponíveis para isso.

Muita gente procura o Hemoal para fazer a doação, mas nem todos estão aptos. Alguns realizaram procedimentos médicos invasivos, como endoscopias, a menos de seis meses, ou tiveram hepatite após os onze anos de idade, o que impossibilita a doação, ou ainda não respeitam o prazo mínimo de intervalo entre as doações. O aplicativo é mais um aliado para manter nossos voluntários bem informados”, explica a assistente social do Hemoal, Débora dos Anjos.

O Doe Mais permite além do agendamento de doação de sangue, que o usuário crie e compartilhe campanhas educativas para doação, seja informado sobre a necessidade de um determinado tipo sanguíneo, prazo para o retorno de uma nova doação, acompanhamento do calendário de atividades de coleta externa, além de informar onde a Unidade Móvel do Hemoal estará, com datas e horários e, ainda, informa quais os principais pré-requisitos para se tornar um doador voluntário de sangue.

O Doe Mais pode ser baixado gratuitamente em celulares Android, no Google Play pelas tags: “Doe +” e “Hemoal”. A versão para iOS já está sendo trabalhada.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com

‍



Geeks Online: