quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Conheça 8 áreas que estão sendo revolucionadas pelo Big Data.

Conheça 8 áreas que estão sendo revolucionadas pelo Big Data.
Conheça 8 áreas que estão sendo revolucionadas pelo Big Data.
Em apenas um ano, o mundo digital desenvolveu dados suficientes para preencher uma pilha de DVDs com extensão igual a uma viagem de ida e volta da Terra até a Lua. O número é de estudo “Qual é o X da Questão em Relação a Dados?”, da BSA|The Software Alliance (www.bsa.org), maior defensora do setor global de software perante governos e no mercado internacional, que reúne empresas de software e inovação de todo o mundo. “A previsão é de que a utilização de dados gere um lucro de US$ 1,6 trilhão nos próximos quatro anos”, diz o country manager da BSA para o Brasil, Antonio Eduardo Mendes da Silva (Pitanga). O uso dessas informações causa mudanças e progressos extraordinários ao redor do mundo. Descubra abaixo oito áreas, mapeadas pelo levantamento da BSA, onde o uso inteligente de dados vem mudando a vida de milhares de pessoas.

AGRICULTURA

Ao utilizar ferramentas de análise de dados, agricultores podem reduzir os custos com insumos, o uso de pesticida e produtos químicos e melhorar a produtividade em 5 a 10 vezes. O Brasil, um dos maiores produtores de soja do mundo, está investindo na tecnologia.

SAÚDE

De maneira geral, se o setor de assistência médica usasse os dados com mais eficácia para aumentar a eficiência e a qualidade, estima-se que o setor poderia economizar mais de US$ 300 bilhões por ano, reduzindo os gastos em impressionantes 8%. Os maiores impactos, porém, não são apenas no dinheiro economizado, mas nas vidas salvas. Por exemplo: ao combinar dados em tempo real com o histórico médico de pacientes, pesquisadores desenvolveram um algoritmo de aprendizado de máquina capaz de prever paradas cardíacas com quatro horas de antecedência e com 66% de precisão. No Quênia, outro exemplo, cientistas fizeram uso dos dados provenientes de celulares para analisar e identificar as áreas em que a malária estava se propagando. Essas informações nortearam o governo nas ações contra a doença.

MANUFATURA

Dados também ajudam a melhorar iniciativas nessa área. Projetos digitais com base em dados melhoram o processo de projetos interativos, permitindo que engenheiros e especialistas testem várias ideias, ajustando-as no ambiente virtual até finalmente chegarem ao projeto ideal do produto. A Toyota, a Fiat e a Nissan, por exemplo, reduziram o tempo de desenvolvimento de novos modelos de 30% a 50% por meio do uso colaborativo de dados e técnicas de modelagem.

PESCA

Em 2004, após o tsunami que atingiu a Indonésia, pescadores locais receberam celulares que garantiram a eles acesso a informações sobre o mercado pesqueiro, material ao qual eles nunca tiveram acesso anteriormente. Seu faturamento subiu 30%.

GESTÃO PÚBLICA

Em Barcelona, na Espanha, a prefeitura está analisando dados para deixar a cidade mais inteligente, aprimorando os serviços prestados pelo governo e oferecendo soluções de mobilidade urbana mais sustentáveis.

HERANÇA CULTURAL

O Vietnã está utilizando scanners 3D para digitalizar artefatos históricos. A meta é catalogar mais de 40 mil peças nos próximos cinco anos.

ENERGIA

Com o uso de ferramentas de projetos de dados, edifícios podem ser projetados para usarem menos energia e equipados com sistemas inteligentes que combinam grandes quantidades de dados de sensores com a análise das operações. Estima-se que a soma da economia que edifícios inteligentes podem gerar por anos para as empresas seja de US$ 25 bilhões.

TRANSPORTE

Atualmente novos carros são equipados com sensores que podem gerar até 25 gigabytes de dados por hora e contêm 10 milhões de linhas de código de software apenas para processar os dados. Esses dados são usados para alimentar sistemas de segurança cujo impacto pode ser semelhante ao do uso de cintos de segurança, reduzindo os ferimentos e mortes em até 50%. Nos Estados Unidos, grandes empresas do setor automotivo já estão projetando veículos equipados com centenas de sensores e ferramentas de análise que estão permitindo avanços como sistemas de estacionamento autônomo e anticolisão. No lado da aviação, uma melhoria de desempenho de 1%, gerada por dados, pode economizar US$ 30 bilhões em combustível ao longo de 15 anos ao redor do mundo.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook:

‍



Geeks Online: