sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Empresa lança computador quântico de 2 mil qubits que custa: US$ 15 milhões.

Empresa lança computador quântico de 2 mil qubits que custa: US$ 15 milhões.
Empresa lança computador quântico de 2 mil qubits que custa: US$ 15 milhões.
IDGNOW! - A D-Wave Systems lançou comercialmente o 2000Q, um computador quântico de 2000 qubits a módicos US$ 15 milhões.  O computador quântico anterior da companhia tinha 1.000 qubits

Os sistemas de 1.000 quibits da empresa canadense estão sendo testados pelo Google, NASA e pela Lockheed Martin. "Somos a única empresa a vender computadores quânticos e nosso ecossistema crescente de usuários e desenvolvedores nos dá o benefício de sua experiência prática à medida que desenvolvemos produtos para resolver problemas do mundo real", disse Vern Brownell, CEO da D-Wave, em comunicado.  

O D-Wave 2000Q também possui novos recursos de controle, projetados para melhorar o desempenho da tecnologia. De acordo com a empresa, o 2000Q estará disponível para remessa neste trimestre.  

A companhia também anunciou que a Temporal Defense Systems Inc. (TDS), uma empresa de cibersegurança baseada em Kirkland, Washington, será a primeira a comprar o sistema 2000Q.

O computador "revolucionará as comunicações seguras, protegerá contra ameaças internas e ajudará na identificação de adversários cibernéticos e padrões de ataque", disse James Burrell, diretor de tecnologia da TDS e ex-diretor adjunto do FBI. 

Um computador quântico difere da computação tradicional porque não usa uns e zeros - ou bits - e não processa instruções ou trabalha através de cálculos de forma linear. Em vez disso, um computador quântico usa qubits, que pode agir tanto como um ou zero. Como o sistema não funciona de forma linear, ele também pode calcular todas as possibilidades de um problema ao mesmo tempo

A computação quântica está na vanguarda da ciência da computação. E é ainda algo difícil de entender, construir e até mesmo de testar seu poder de processamento. 

Muitos, tanto no mundo da ciência da computação como no mundo da física, dizem que ninguém ainda desenvolveu uma verdadeira máquina quântica e que a D-Wave está simplesmente trabalhando para construir uma. 

Os executivos da D-Wave argumentariam que, sim, eles têm uma máquina quântica. O Google, a NASA e a Lockheed Martin não comentaram muito sobre o uso dos sistemas da D-Wave, mas o fato de testá-los dá credibilidade às possibilidades dos sistemas, senão sua legitimidade.  

"É uma tecnologia legal que será importante no futuro", disse Dan Olds, analista da Orion Research. "Mas ainda é a computação mais exótica lá fora .... Este novo sistema é um grande negócio." 

Olds não está convencido de que a D-Wave está construindo máquinas quânticas reais, mas está impressionado com o novo 2000Q da companhia. 

"Definitivamente, até que algo melhor aconteça, é quantum o suficiente", disse. "As pessoas que se dividem sobre se este é quantum ou não estão perdendo o quadro maior. Isso nos permite resolver problemas em escala quântica."  

Mas para Ezra Gottheil, analista da Technology Business Research, o novo sistema D-Wave não é tão excitante. "Não é grande coisa", disse. "Empresas como a D-Wave estão fazendo progressos, mas tenho a impressão de que nós ainda estamos a décadas de distância de computadores quânticos práticos". 

A expectativa é que computadores quânticos sejam projetados para serem particularmente bons em computações maciças e perguntas complexas. Se cientistas estão buscando a cura para o Alzheimer ou câncer, ou se eles estão procurando planetas habitáveis ​​distantes, então uma máquina quântica poderia ser de muita ajuda. Mas para edição de vídeo e quebrar números para o orçamento da empresa, bem, um computador tradicional ainda será mais eficiente.



> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook: