quinta-feira, 2 de maio de 2019

Alunos da USP ganham prêmio de R$ 75 mil com software que calcula risco de doenças crônicas

Alunos da USP ganham prêmio de R$ 75 mil com software que calcula risco de doenças crônicas
Um aluno de engenharia de computação da Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos juntamente com um estudante de engenharia mecatrônica da USP de São Paulo e um administrador criaram um software que calcula o risco de uma pessoa ser afetada por doenças crônicas em sua vida futura.

A iniciativa foi premiada com R$ 75 mil pelo primeiro lugar na HackBrazil, competição que premia ideias brasileiras inovadoras, realizada este mês no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em Boston, nos Estados Unidos.

Para criar a tecnologia, Marinelli, juntamente com o administrador Pedro Freire e o estudante de engenharia mecatrônica da USP Rafael Faleck Rejtman, criaram a startup Blue, mesmo nome do software.

Os três se conheceram por meio de um grupo virtual da USP e começaram a idealizar o projeto de maneira remota com parte da equipe no Brasil e parte nos EUA. O sistema analisa um banco de dados hospitalares e laboratoriais que contém informações que vão desde consultas e exames realizados até nível de glicose, hábitos alimentares, frequência de atividade física e o histórico de saúde na família e, por meio de inteligência artificial, estima as chances de o usuário vir a desenvolver determinadas doenças.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook:

‍



Geeks Online: