segunda-feira, 22 de abril de 2019

Hacker que segurou ataque do WannaCry admite ter criado malware bancário

Hacker que segurou ataque do WannaCry admite ter criado malware bancário
Hacker que segurou ataque do WannaCry admite ter criado malware bancário
Marcus Hutchins ficou conhecido mundialmente em 2017 ao ser o grande herói durante o ataque mundial do ransomware Wannacry — episódio que deixou vários países, incluindo o Brasil, em estado de alerta e caos. Na época, o então desconhecido hacker de 23 anos segurou a ameaça, registrando um domínio “killswitch” que impediu-a de continuar se propagando.

Depois disso, os tabloides britânicos conseguiram encontrar e identificar o rapaz e, em agosto daquele mesmo ano, autoridades estadunidenses apreenderam Hutchins quando ele estava prestes a participar de um evento em Las Vegas. Segundo a acusação, ele teria sido um dos responsáveis pela criação do malware bancário conhecido como Kronos. Agora, o prodígio da computação se diz culpado nessa ação.

No final de semana, Hutchins admitiu ter participado da “conspiração hacker” para gestação do vírus. “Como você deve saber, declarei-me culpado de 2 acusações relacionadas à criação de malware nos anos anteriores à minha carreira em segurança. Eu me arrependo dessas ações e aceito total responsabilidade pelos meus erros. Tendo crescido, desde então tenho usado as mesmas habilidades que usei equivocadamente nos anos anteriores para fins construtivos. Vou continuar dedicando meu tempo para manter as pessoas seguras contra ataques de malware.”

E o que acontece agora?

Bem, Hutchins acumulava nada menos que 10 acusações e como ele tem contribuído para ações de segurança e admitiu a culpa, sobraram somente 2 delas para responder. Cada uma pode resultar em 5 anos de prisão e multas de até US$ 250 mil, embora sua declaração e pronta aceitação sobre a responsabilidade desses atos possam contribuir em sentenças mais leves.

No último 1 ano e meio que passou, Hutchins tem publicado tutoriais de análise de códigos malware, tanto em textos quanto em vídeos. Ele conseguiu certo prestígio na comunidade hacker e é considerado um dos pesquisadores de segurança mais talentosos da atualidade. O julgamento acontece no final do ano e, enquanto isso, o programador vive sob fiança em Los Angeles.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook:

‍



Geeks Online: