domingo, 25 de março de 2018

Ciberpiratas bloqueiam computadores em Atlanta-EUA e exigem bitcoin como resgate

Ciberpiratas bloqueiam computadores em Atlanta-EUA e exigem bitcoin como resgate
Ciberpiratas bloqueiam computadores em Atlanta-EUA e exigem bitcoin como resgate
Crackers fecharam os principais sistemas de computadores na cidade de Atlanta, Geórgia, nos EUA e estão exigindo $51.000 em Bitcoin para reativar os sistemas afetados, segundo relatórios da Fortune no 23 de Março de 2018.

A prefeita de Atlanta, Keisha Lance Bottoms, anunciou o ataque em uma conferência de imprensa na quinta-feira, 22 de Março. Ela disse aos membros da imprensa que as autoridades "não sabem a extensão (do ataque) ou se os dados pessoais ou contas bancárias de alguém serão comprometidos. Todos nós estamos sujeitos a esse ataque.

O ataque foi descoberto pela primeira vez às 5 da manhã de 22 de Março. A cidade de Atlanta observou que as “interrupções” estavam afetando os sistemas que alguns clientes usam para pagar contas e acessar informações relacionadas ao tribunal.

"A cidade de Atlanta está passando por interrupções em vários aplicativos voltados para os clientes, incluindo alguns que os clientes possam usar para pagar contas ou acessar informações relacionadas a tribunais. Publicaremos as atualizações conforme as recebermos."

As autoridades da cidade estão supostamente trabalhando com o FBI, o departamento de segurança interna dos EUA e a Microsoft para averiguar a extensão da violação e como resolvê-la. Em 23 de Março, autoridades municipais encorajaram os cidadãos a monitorar suas informações pessoais e contas se eles acreditassem que suas informações pessoais poderiam ser comprometidas no ataque.

No momento da publicação, a situação ainda estava por resolver. O Bitcoin está sendo negociado atualmente em uma média de $8.500, o que significa que o resgate exigido custaria à cidade aproximadamente 6 Bitcoins.

Esta não é a primeira instância de hackers que mantêm os sistemas de computadores municipais como reféns em troca de criptomoedas . Em Novembro de 2017, um hacker atacou o sistema Sacramento Regional Transit por um resgate de 1 Bitcoin, que na época do ataque valia cerca de $8.000.

Em um exemplo mais malicioso de resgate do Bitcoin, uma encomenda com explosivos na Alemanha exigia um resgate de 10 milhões de euros a ser pago em Bitcoin em uma mensagem enviada ao mercado de Natal de Potsdam em Dezembro de 2017. O pacote, que não detonou, continha um código QR para depositar Bitcoins, além de materiais explosivos derivados de fogos de artifício e pregos.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook:

‍



Geeks Online: