quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Chip de inteligência artificial do MIT é mais rápido e consome menos energia

Chip de inteligência artificial do MIT é mais rápido e consome menos energia
Chip de inteligência artificial do MIT é mais rápido e consome menos energia
O mundo da tecnologia corre atrás das inteligências artificiais, e um novo estudo feito por pesquisadores do MIT, nos Estados Unidos, pode acelerar o desenvolvimento delas. Um novo chip desenvolvido em laboratórios do instituto norte-americano promete aumentar o poder computacional de redes neurais ao mesmo tempo que diminui o consumo de energia.

No momento, os pesquisadores do MIT dizem que o chip é entre 3 e 7 vezes mais rápido em poder computacional de redes neurais e reduz o consumo de energia em 94%. De acordo com os cientistas, esse desempenho faz com que o chip seja ideal para redes neurais locais, como as integradas a smartphones ou a outros produtos domésticos, como o Google Home ou o Amazon Echo.

Atualmente, apps que se apoiam em inteligência artificial costumam enviar dados para uma rede neural externa, que processa as informações e reenvia os resultados para o smartphone. O novo chip do MIT muda isso e viabiliza a inclusão de um processador específico para essas tarefas dentro de dispositivos.

A tecnologia já chamou a atenção de alguns grandes nomes da indústria. O vice-presidente de inteligência artificial da IBM, Dario Gil, elogiou o estudo, e viu nele potencial para o desenvolvimento de redes neurais complexas com uso de imagem e vídeo em dispositivos da Internet das Coisas.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com

‍



Geeks Online: