quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Profissionais de TI vão decretar greve por tempo indeterminado em Pernambuco.

Profissionais de TI vão decretar greve por tempo indeterminado em Pernambuco.
Profissionais de TI vão decretar greve por tempo indeterminado em Pernambuco.
Diário de Pernambuco: Profissionais da área de Tecnologia da Informação (TI) decidiram entrar em greve a partir da próxima segunda-feira (23/01). A decisão foi tomada em assembleia realizada no começo da noite (17/01), na Avenida Rio Branco, ao lado do prédio do Banco do Brasil, próximo da sede do Porto Digital, onde atuam cerca de 5 mil dos 15 mil que integram a categoria em Pernambuco, afora empresas privadas e área pública. Segundo a presidenta do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Informática, Processamento de Dados e Tecnologia da Informação de Pernambuco (Sindpd-PE), Sheyla Lima, o impacto da greve poderá afetar toda rede de TI do estado.

A campanha salarial começou em agosto, um mês antes da data base da categoria (setembro), quando a representação patronal tentou impor acordo sem reajuste salarial e com a retirada de direitos, o que foi descartado. Sheyla Lima explica que, com mobilização, a categoria conseguiu avançar para uma proposta próxima da manutenção de conquistas e reposição da inflação, de 8,57%.

Mas a bancada patronal que parcelar a aplicação do reajuste em três vezes (3% em neste mês, 3% em março e 2,57% em maio), sem pagamento de retroativo que seria substituído por um abono de 12% também dividido em três parcelas para os meses de fevereiro, abril e junho. Além disso, a representação patronal se nega a reajustar o valor do tíquete-refeição e não aceitar aplicar mais que 5% nas demais cláusulas econômicas (auxilio saúde, creche, auxilio lente, etc.).

Com a reposição da inflação em todas as cláusulas de fundamentação econômica, a categoria aceita o reajuste de 5% nos tíquetes, mas não abre mão da retroatividade, mesmo que paga em até três parcelas. “A demora do fechamento de acordo não é culpa do trabalhador nem do sindicato, eles poderiam ter encerrado essa campanha há muito tempo. Não é justo querer que o trabalhador pague a conta”, diz Sheyla Lima, acrescentando que empresas que integram o Porto Digital já fecharam acordo e estão pagando os direitos, a exemplo do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (Cesar).

Em Carta Aberta publicada ontem em seu sítio, o Sindicato das Empresas de Processamento de Dados do Estado de Pernambuco (Seprope) diz que as negociações têm avançado em velocidade menor do que a desejada por ambas as partes num panorama em que tanto o setor público como o setor privado enfrentam crise de liquidez e de adimplência, apontando para uma finalização muito breve. A situação era classificada como “de pacificação democrática de negociação sendo fechada”, desaconselhando “qualquer posição de radicalização”.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook:

‍



Geeks Online: