terça-feira, 8 de março de 2016

Conheça Mary Kenneth Keller uma das primeiras mulheres com Ph.D. em Computação.

Conheça Mary Kenneth Keller uma das primeiras mulheres com Ph.D. em Computação.
Conheça Mary Kenneth Keller uma das primeiras mulheres com Ph.D. em Computação.
Mary Kenneth Keller foi uma freira norte-americana, educadora e pioneira na ciência da computação. Em 7 de junho de 1965, junto de Irving Tang da Universidade Washington em St. Louis, se tornaram os primeiros doutores na área no país. Mary é considerada também a primeira mulher a receber um doutorado em ciência da computação.

Keller ganhou a titulação na Universidade do Wisconsin-Madison. Sua tese chama-se Inferência indutiva em padrões gerados por computador (Inductive Inference on Computer Generated Patterns).

Nascida em Ohio por volta de 1913, Keller entrou para a ordem das Irmãs de Caridade da Abençoada Virgem Maria em 1932 onde ela fez seus votos na congregação em 1940. Posteriormente, Mary conquistou o bacharelado em Ciências com ênfase em Matemática em 1943 e mestrado em Matemática e Física, em 1953, pela Universidade DePaul, uma universidade católica.

Em 1958, Mary começou a trabalhar em uma oficina de ciência da computação, da Fundação Nacional de Ciência, dos Estados Unidos, no Dartmouth College, um local predominantemente masculino na época, onde participou do desenvolvimento da linguagem de programação BASIC. BASIC é um acrônimo para Beginner's All-purpose Symbolic Instruction Code; em português: Código de Instruções Simbólicas de Uso Geral para Principiantes.

Keller acreditava no potencial dos computadores para aumentar o acesso à informação e para promover a educação de qualidade. Em 1965, após seu doutorado, ela fundou um departamento de ciências da computação na Universidade Clarke, em Iowa, onde foi diretora por 20 anos. Hoje a Universidade Clarke tem o Centro de Serviços de Computação e Informação Keller, devido aos serviços por ela ofertados em telecomunicação e computação a alunos, funcionários e professores. Existe também uma bolsa de estudos em Ciência da Computação em seu nome na mesma instituição.

Mary ainda militava pela inclusão e envolvimento de mulheres na computação e ajudou a fundar uma associação infantil para o uso de computadores na educação. Seus quatro livros sobre computação e programação são referência na área. Para ela, a computação trouxe uma explosão de informação e essa informação era inútil a menos que estivesse disponível. Ela acreditava que com a computação seria possível simular, mecanicamente, o processo cognitivo e assim investir em áreas como inteligência artificial. Acreditava na importância do ensino com o auxílio da tecnologia e em como a computação poderia ajudar os seres humanos a aprender.

Irmã Mary Keller faleceu em 10 de janeiro de 1985, aos 71 anos.




> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com

‍



Geeks Online: