sexta-feira, 10 de abril de 2015

Mercado de games deve gerar 117 mil oportunidades no Brasil em 2015.

Mercado de jogos aquecido no Brasil.
O mercado mundial de jogos digitais podem movimentar US$ 82 bilhões em 2015. Dessas cifras, cerca de US$ 3 bilhões vão aquecer a economia nacional. O boom está provocando a procura por cursos de games design, que dobra a cada dois anos, mas ainda não atende a demanda. Até dezembro de 2015, 117 mil vagas ficarão disponíveis por falta de mão de obra especializada.

De olho no mercado brasileiro, a Full Sail University, universidade norte-americanas de mídias e artes, que se destaca pela área de computação gráfica, animação 3D e coleciona 27 graduados que participaram da produção de filmes premiados no Oscar 2015, se uniu a REDZERO, maior escola de game e entretenimento digital da América Latina, para formar profissionais de sucesso e engajá-los nas melhores empresas do mercado. "Vamos transformar a paixão por jogos em profissão rentável no setor de computação gráfica, cinema, música e games", enfatiza o diretor executivo da RedZero Marcelo Crivella, ao informar que o mercado de games já ultrapassou o de cinema e se tornou a maior indústria de entretenimento do mundo, exigindo diversos profissionais capacitados para dar vida e qualidade as animações. 

Os fãs de Guerra Nas Estrelas, Call of Duty, Harry Potter e Capitão América vão poder deixar de jogar para produzir o próprio game em uma das unidades da RedZero espalhadas nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Brasília.

CENÁRIO

Dados recentes do Mapeamento da Indústria Brasileira e Global de Jogos Digitais apontam que as vagas no mercado de trabalho cresçam em torno de 13,5% nos próximos cinco anos. As funções mais procuradas são: designers e programadores de jogos para as redes sociais e plataformas móveis como os celulares e tablets. Os brasileiros gostam de dar 'play'! 61 milhões deles têm o costume de brincar com algum jogo eletrônico, o que faz o País ocupar a posição de quarto maior consumidor do mundo em jogos digitais. Uma das explicações para esse crescimento é a popularização dos smartphones e dos tablets, que permitem o contato com os jogos em qualquer lugar.
 
NÚMEROS DO SETOR

• Brasil é o 4º consumidor de jogos eletrônicos do mundo, mas faltam profissionais para dar conta do mercado
• Mercado de games movimenta R$ 44 milhões e deve crescer em 2015
• Expectativa é manter taxa de crescimento dos últimos anos, de 9 a 15%.
• No Brasil, setor emprega quatro mil pessoas e movimenta R$ 900 milhões.
• Segundo a pesquisa da consultoria IDC, até 2015, 117 mil vagas ficarão abertas e não serão preenchidas. Somente a procura por profissionais na América Latina deve superar a oferta em 27% no próximo ano
• O boom do mercado de games aumenta a demanda por cursos universitários, técnicos e até de férias.
• A cada 2 anos dobra o numero de alunos nos cursos de game design


> Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação
> Fundada em 13 de Outubro de 2011
> E-mail: comunidadebsi@gmail.com
> Cel: +55 92 99329-7545
> Local: Manaus, Amazonas, Brasil.

> Cláudio Florenzano, Diretor Executivo.
> E-mail: c.luciano20@gmail.com
> Facebook: